Como conquistar o seu primeiro emprego: outras experiências, além da profissional, também contam

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp

Por Alexandre Arroyo, Embaixador do Instituto Joule.

Junto com todos os desafios inerentes àqueles que buscam entrar no mercado de trabalho pela primeira vez, está o de convencer ao empregador de que sua vivência é suficiente para atender às demandas da vaga disponível.

Mas como naturalmente ainda não possui experiência profissional nesta altura da vida, o jovem podem se valer de outras experiências de vida e demonstrar atitudes que favorecem sua contratação. Vejamos alguns modo de fazer isso:

 

– Seja Voluntário em atividades relacionadas à sua formação profissional

 

Apoiar ONGs ou outros tipos de entidades do empreendedorismo social como voluntário é um ótimo modo de para se desenvolver a dinâmica do dia-a-dia do mundo do trabalho e de se colocar em prática o que se aprendeu na universidade.

 

– Capacitação contínua associada com a prática em fazer networking

 

Vá a eventos relacionados à sua formação e faça cursos que apoiem a direção que gostaria que sua carreira começasse a tomar.

Durante esses eventos e cursos, você poderá fazer novos contatos, que possibilitarão a trocas de informações e experiências, que podem ajudar a construir um caminho até o seu objetivo. Isso é networking, que deve ser cultivado intensamente para se tornar conhecido e conhecer mais e mais pessoas do seu meio profissional.

 

– Esteja em campo. Assim pode surgir o seu melhor momento.

 

Muitos no futebol, que buscam as categorias de base, querem estar em campo para  poderem ser vistos e desenvolverem mais o seu potencial como atleta. Então por que não atuar com freelance, prestando serviços mais simples, ganhando experiência e vivência em atender a clientes?

Há plataformas online, a Trampos.com, a Freelancer, a GetNinjas, a 99freelas e a Workana, que apoiam essas iniciativas e permitem você executar pequenos trabalhos no mercado.

Também, se estiver ao seu alcance, o mercado de trabalho vê com muito bons olhos vivências internacionais. Se você ainda não começou um estágio ou outro tipo de atividade profissional e pode viver essa experiência, vale esse esforço para agregar mais valor ao seu perfil, destacando a prática de outro idioma, a sua capacidade de se adaptar a novos meios, um visão mais ampliada de mundo e a arte de se relacionar com culturas diferentes.

 

COMPARTILHE

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Shirley Schneider

Shirley Schneider

COMENTE

Fechar Menu
pt_BR
en_US pt_BR