Conheça a história do Ruann, Mentorado de Recife

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp

Texto por Paula Galletti

Quem procura, acha. E foi assim que o recifense Ruann D’Almeida, de 24 anos, conheceu o Instituto Joule enquanto pesquisava na Internet sobre desenvolvimento profissional.  Recém formado em Publicidade, ele hoje trabalha como assistente comercial em uma empresa que é braço de uma das gigantes do mundo em alimentos. E já sabe o que deseja para sua vida profissional para os próximos anos.

“Em 5 anos, me vejo já tendo escalado posições na organização que estou hoje e realizado uma pós-graduação. Em 10 anos, quero estar falando 2 ou 3  idiomas, além de buscar a possibilidade de realizar um intercâmbio fora do país”, afirma. Além, claro, de ambicionar a realização de vários projetos pessoais. Uma de suas aspirações para a próxima década é ajudar jovens na inserção do mercado de trabalho. Uma forma de retornar à sociedade os benefícios que ele mesmo encontrou no Joule. 

“O Joule me proporcionou uma visão mais ampla sobre empregabilidade, mercado de trabalho e postura profissional. A mentoria me ajudou para que eu me tornasse mais resiliente e me ensinou metodologias de planejamento que hoje posso utilizar em âmbito acadêmico, profissional e pessoal”, afirma.

Sobre os dois mentores que acompanharam o seu desenvolvimento enquanto mentee no Instituto Joule, Ruann diz que sente profunda gratidão pela orientação recebida. Ele atribui a conclusão do seu curso de graduação ao apoio que recebeu através da mentoria. “Quando eu conheci o projeto, ainda não estava formado. E eu só consegui concluir o meu curso depois de me recolocar. Por isso quero agradecer imensamente ao meu mentor Thiago, que conduziu todo o processo de mentoria com muita sensibilidade, durante a busca da minha vaga de trabalho. Posso dizer que ele foi peça fundamental na minha vida. E me auxiliou no planejamento do que eu precisava fazer para alcançar meus objetivos em curto prazo. Agradeço ainda ao meu mentor Raphael, que com sua transparência e humanidade, me mostrou que a gente tem sempre algo a melhorar e que o importante é entregar o nosso melhor possível. Ele me mostrou que algumas coisas estão além do nosso alcance e que o importante é não parar e ter autoconfiança”, declara o jovem.

Os mentores também têm grandes elogios ao rapaz. “Uma mentoria só tem resultado quando ambos os lados estão abertos a aprender e a compartilhar. O Ruann foi uma grata experiência, ele sempre esteve presente, empenhado, desenvolvendo todos os materiais e disposto a ouvir meus conselhos. Fico muito feliz em acompanhar seu desenvolvimento, o sucesso da nossa mentoria e sua evolução”,  afirma o mentor Thiago Machado, que é Gerente de Produto global na Beiersdorf.  

 

Para o mentor Raphael Heitor, que é Consultor Comercial,  o engajamento e o foco do próprio Ruann foram fundamentais para a obtenção de bons resultados com o trabalho realizado nas sessões. “O processo de mentoria com o Ruann foi bastante positivo e proveitoso, pois ele já tinha experiências significativas e uma bagagem acadêmica relevante. Assim, pude orientá-lo de uma maneira efetiva em seu autodesenvolvimento e no planejamento de sua carreira”, afirma.  “Altamente engajado, perspicaz e muito focado, todos os resultados obtidos por ele, durante e após a mentoria, sinalizam um grande profissional em ascensão”, aposta ainda o mentor voluntário do Instituto Joule.

 

Animado com tudo aquilo que espera realizar daqui para frente, Ruann reflete sobre sua jornada até a sonhada vaga de trabalho: “um projeto como este é fundamental para ajudar gratuitamente pessoas que, assim como eu, só precisam de um norte para se desenvolver”. 


COMPARTILHE

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Shirley Schneider

Shirley Schneider

COMENTE

Fechar Menu
pt_BR
en_US pt_BR